Quais as diferenças entre No Poo, Low Poo e Co-Wash?

Apesar de serem muito falados, os termos low poo e no poo ainda causam um pouco de confusão. Se você quer saber de uma vez por todas a diferença entre eles, continue lendo esse artigo.

Os cabelos naturais estão se tornando mais comuns. Por isso, aquela época de excessos de químicas capilares está sendo substituída por cuidados com os fios e desenvolvimento de técnicas que permitem que os cabelos naturais sejam mais saudáveis e bonitos.

E mesmo que você ainda não tenha ouvido falar nas técnicas, com certeza já ouviu ou leu em rótulo de produtos os termos No Poo, Low Poo e Co-Wash.

Estes três termos significam, na verdade, técnicas que envolvem todo o cuidado com o cabelo (especialmente a lavagem) e possuem o objetivo de lavar e cuidar dos fios de forma menos agressiva, usando produtos que realmente fazem bem para a saúde capilar.

Por isso, para realizar estas técnicas é necessário que você use produtos liberados para elas.

Para aprofundar um pouco mais, vamos explicar o que cada técnica é em sua essência para você escolher a que melhor se adapta a você. Além disso, você entenderá a importância de usar produtos liberados e como a saúde dos seus fios é impactada com o uso desses cosméticos específicos.

O que é a técnica No Poo?

Literalmente, a tradução de No Poo significa “Sem Shampoo”. Ou seja, esta é uma técnica em que você lava o seu cabelo sem usar nenhum shampoo. E, sim, ele fica limpo!

Os produtos de lavagem capilar liberados para No Poo não possuem os componentes existentes nos xampus comuns. Sendo assim, a sua formulação conta apenas com componentes que agridem menos o couro cabeludo e os fios enquanto realiza uma limpeza, ainda assim, profunda.

A princípio isto pode parecer um pouco estranho, mas acredite: funciona!

A maior diferença que você sente ao usar produtos da técnica No Poo é que eles não costumam fazer nenhuma espuma durante a lavagem, o que é bem comum em shampoos que possuem sulfatos fortes e agressivos.

O que é a técnica Low Poo?

O termo Low Poo, também em inglês, significa “Pouco Shampoo”, ou seja, são produtos semelhantes aos shampoos tradicionais, mas que possuem componentes muito menos agressivos aos fios, fazendo uma limpeza profunda e eficaz, mas sem ressecar o seu cabelo.

Os produtos liberados para esta técnica são livres de sulfatos pesados, diversos tipos de silicones, parabenos e petrolatos, componentes que atuam limpando, mas também danificando a estrutura capilar.

Por exemplo, diversos tipos de silicones que são utilizados em produtos não liberados para esta técnica formam uma camada isolante nos fios, que impedem que eles sejam hidratados, nutridos e restaurados. Assim, mesmo que seu cabelo aparente estar bonito, por conta desta camada de silicone, ele está frágil e prejudicado.

Os petrolatos são componentes derivados do petróleo, já os parabenos são conservantes sintéticos e os sulfatos pesados possuem uma ação detergente, ressecando muito o cabelo durante a lavagem.

O que é Co-Wash?

O termo, em sua tradução, significa lavagem com condicionador. Como a própria tradução já deixa claro, a lavagem dos cabelos não é feita com shampoo. No entanto, é importante deixar claro que para essa técnica não pode ser usado qualquer tipo de condicionador!

Não são usados em sua formulação os sulfatos pesados, silicones insolúveis, petrolatos e parabenos. Dessa forma, a limpeza do couro cabelo é menor agressiva e ainda promove uma hidratação dos fios.

Apesar de a lavagem ser feita com um condicionador, as outras etapas de tratamento como, a aplicação de máscara de hidratação, reconstrução ou nutrição, assim como os finalizadores, devem ser realizadas normalmente.

Esta técnica é realizada em conjunto com a técnica do No Poo.

lavar o cabelo com shampoo low poo

Como começar a usar produtos No Poo ou Low Poo?

Como esta é uma forma completamente diferente de você cuidar dos seus cabelos, selecionamos algumas dicas em passo a passo para você começar a técnica.

1. Mude os seus produtos

Depois que a sua decisão for tomada, você deverá dar um adeus de uma vez por todas aos seus produtos antigos. Mas calma, você não precisa jogar fora seus produtos.

Você terá duas opções: a primeira é usá-los até acabar; a segunda é doar os produtos para outras pessoas que não fazem as técnicas de No e Low poo.

E, a partir de hoje, você deverá só usar produtos liberados para essas técnicas.

2. Limpe suas escovas e acessórios

A limpeza das escovas, pentes e acessórios de cabelo é algo que deve ser feito regularmente por questão de higiene.

Mas, para começar as técnicas de Low e No Poo você deverá fazer uma lavagem mais específica de todos estes itens.

O objetivo desta lavagem é que você retire o excesso dos produtos que tenham sulfatos, petrolatos e silicones.

Para isso, coloque água morna em um balde e três colheres de xampu com sulfato. Em seguida, esfregue os seus utensílios. Se neles permanecer algo como se fosse cera ou silicone, você deverá raspar com uma espátula ou um pano. Neste caso, lave novamente os itens.

Lavar os objetos que você usa diariamente é importante para ser eliminado todos os resíduos de produtos com componentes proibidos para as técnicas de Low e No Poo.

uso de óleos e receitas naturais ajuda nas técnicas de low e no poo

3. Fique de olho em cada produto

Quando você decide fazer estas técnicas, é importante ter em mente o objetivo principal: ter um cuidado mais natural com seu cabelo, evitando utilizar produtos que agrida os fios.

Por isso, você deve usar outros produtos naturais, como os óleos de origem vegetal, como o óleo de coco, de rosa mosqueta, de macadâmia e de amêndoas. Além disso, uma boa opção é apostar em receitas naturais com itens como azeite extra-virgem, maisena, iogurte natural e afins.

4. Verifique os rótulos

Você deve estar sempre atento quando for comprar os seus cosméticos, pois são nos rótulos que você pode confirmar se o produto é ou não completamente liberado para No ou Low Poo.

A seguir listamos alguns dos compostos que não deverão estar presentes em seus cosméticos. Apesar de os produtos apresentarem um aviso na frente da embalagem, é muito bom você dar aquela conferida para não comprar um produto fora do que você esteja esperando.

Petrolatos

  • Hydrogenated Polysobutene
  • Isododecano/Isododeceno
  • Isoparafina (isoparafin)
  • Óleo mineral (mineral oil)
  • Parafina líquida (Paraffinum Liquidum)
  • Petrolato (Petrolatum)
  • Vaselina (Vaselin)

Silicones

  • Dimethicone
  • Dimethiconol
  • Phenyl Trimethicone
  • Amodimethicone

Sulfatos

  • Sodium Laureth Sulfate
  • Sodium Myreth Sulfate
  • Sodium Lauryl Sulfate
  • Ammonium Lauryl Sulfate
  • Ammonium Laureth Sulfate
  • Sodium Trideceth Sulfate
  • Sodium Myreth Sulfate

5. Última lavagem com sulfatos

Os produtos que possuem sulfatos fazem uma limpeza que remove as gorduras e impurezas existentes no couro cabeludo. Para começar essas técnicas, você deverá fazer uma última lavagem com seu xampu que contém sulfato.

Esse processo pode durar uma, duas ou três vezes. Após as lavagens, você deverá fazer uma hidratação com produtos liberados, dessa forma, você terá iniciado o novo processo de cuidados capilares.

Se você fizer uma pausa na técnica e voltar a usar produtos com sulfatos, petrolatos ou silicones, deverá reiniciar o procedimento.

Siga nossas Redes sociais:

Deixe um comentário

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.